Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Curtas do dia #719

Descobri que a minha bebida do momento neste verão tem mais calorias que a coca-cola!

 

 

 

Existem 182kcal num garrafinha de Somerbsy!

E eu que andava a beber, porque achava mais saudável que os refrigerantes! Tão enganadinha que eu andava nesta vida... E agora? Se eu colocar os dedos à garganta, acham que ainda vou a tempo de impedir de absorver as últimas 10 que bebi nestas duas semanas?

Curtas do dia #717

Ontem pintei o cabelo, estava já com uma raiz enorme e com um casamento à porta, precisava mesmo de perder a preguiça e colocar as mãos à obra. Esta foi a minha reacção quando sequei o cabelo... 

 

... E só então percebi que tinha comprado a tinta errada. Dois meses ruiva... Estou, ainda que involuntariamente, de volta aos vermelhos. 

 

Tanto tempo a comprar tinta vermelha que as referências dos vermelhos me devem ter ficado na ponta da língua. 

Curtas do dia #713

Coisas que me passam pela cabeça nas consultas de nutrição:

 

         Nutricionista: Só pode comer duas colheres de sopa de massa/arroz.

         Pensamento da Mula: Mas de quais? Daquelas conchas de tirar a sopa é isso?

 

         Nutricionista: Pode comer uma batata do tamanho de um ovo.

         Pensamento da Mula: Posso considerar os ovos das avestruzes?... Ou vá, das patas?

 

         Nutricionista: Tem feito caminhadas?

         Pensamento da Mula: Eu vou à casa-de-banho 2 a 3 vezes por hora, conta?

 

E pronto, é isto... Às vezes nem sei como cheguei até aqui!

[E pronto, é cruzar os dedos para que não me leia - sim porque ela tem um blog, ainda que noutra plataforma - ou pelo menos que não faça a mínima ideia de quem eu seja!]

Curtas do dia #712

Hoje uma pergunta:

Devem as pessoas realmente andar com o que lhes apetecer, desde que se sintam bem/estejam a marimbar para o mundo?

 

Exemplificando: Ontem vi uma senhora que já estava mais próxima da idade da reforma do que da adolescência, com um daqueles micro-calções de ganga. Para além da senhora não ser nada nova, não era magra... Eu acho que as pessoas devem andar como se sentirem bem, mas considero que deve haver limites, e pessoas de 50 anos a mostrar as nádegas na rua é um dos meus limites, confesso. 

Curtas do dia #711

Que eu sou anormal acho que não é segredo para ninguém, mas há no entanto questões e situações que ultrapassam todas e quaisquer anormalidades.

 

Vocês acreditam se eu vos disser que afinal nunca tive uma unha partida? Vocês acreditam que andei durante quase duas semanas a colocar diariamente um penso no dedo para impedir de ficar definitivamente sem unha e que afinal descubro, apenas ontem à noite, que a unha está intacta, inteira, e sem uma única fenda? Alguém me explica como é que tinha dores? Pois não sei! Mas na realidade foi só o verniz que estalou de uma ponta à outra a meio... E eu todo este tempo vi apenas uma unha presa por uma pontinha...

 

Apesar de tudo, antes descobrir ontem sozinha em casa, do que passar pela vergonha de descobrir na manicura!

 

Ó cérebro, filho, estás todo queimadinho dos fusíveis! 

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.