Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

A Mula também experimenta coisas e fala sobre isso #17 CC Cream Rosaliac de La Roche-Posay

Acho que já vos tinha dito que tenho rosácea. Foi algo que surgiu já em adulta, não sei porque motivo e que me causa alguma vergonha porque em alturas de grande calor, em espaços abafados ou se por alguma razão acelerar o passo, fico bastante vermelha e não raras vezes brincam comigo que andei a dar-lhe forte no álcool. Não é que não dê forte no álcool de quando em vez, que quem me conhece sabe que gosto de bebidas alcoólicas, mas a verdade é que quando me apresento a alguém extremamente vermelha, não é efetivamente porque estou bêbada, mas porque tenho este problema de pele e que não tem propriamente cura. No hospital sugeriram-me remoção da rosácea a laser mas explicaram-me os riscos, e sinceramente acho que não compensa o risco de poder ficar com cicatrizes para a vida.

 

Apesar de não existir cura medicamentosa, existem cremes que ajudam, quer a disfarçar quer a evitar que a rosácea evolua - existem vários estádios da doença, por assim dizer - e bases específicas que ajudam também a controlar a vermelhidão.

 

Um dos produtos que vocês mais me foram recomendando sempre que falava desta questão e por forma a substituir a base que nem sempre é a melhor opção para o dia-a-dia, era o CC Roséliane da Uriage, no entanto tive alguma dificuldade em encontrar e então acabei por adquirir o Rosaliac de La Roche-Posay, que também sabia ter boas críticas.

 

 

Confesso que estava com grandes expectativas deste produto. Em algumas questões o produto superou, noutras confesso... Nem tanto.

 

O produto realmente é bom a matizar a pele, tem uma boa cobertura e a pele fica com um aspeto luminoso, saudável e ajuda a evitar o aparecimento da vermelhidão. Tem ainda a vantagem que é um creme bastante seco - não creio que seja aconselhável a pessoas com pele seca sinceramente - pelo que para a minha pele que é bastante oleosa, é ótimo e possui ainda 30 de fator de proteção solar o que é muito bom. 

 

Quando aplicado com as mãos fica com um acabamento muito natural não se notando que o estamos a usar dando a sensação de que acordamos assim: lindas e maravilhosas. Quando aplicado com o pincel nota-se um pouco mais o produto, e já não gosto muito do acabamento, sinto que se nota demais e fico com uma certa sensação de pó na cara. 

 

O que eu adorei neste produto é o facto de servir como uma ótima combinação para a base. Eu como tenho dificuldades em encontrar uma base que ao longo do dia não vá ganhando brilhos indesejados, devido à pele oleosa, misturo este CC Cream com a minha base atual - que estou a adorar da Quem disse, Berenice? - e o efeito é perfeito. A base fica perfeita durante todo o dia, mesmo na zona da testa que é onde tem tendência a produzir mais sebo, fica sequinha e perfeita todo o dia.

 

O que menos gostei nesta base foi o tom. É um produto de cor única - não é como o BB Cream que tem para peles claras, médias e escuras - e é demasiado claro - e eu sou branquinha, imagino que as morenas ainda sintam mais esta falta de coloração - pelo que gostaria que existisse num tom um pouco mais escuro à minha face como é normal nos BB Creams, para dar um efeito bronzeado.

 

Em suma é um bom produto, tem um cheirinho muito agradável, tem uma textura cremosa muito fácil de espalhar e realmente resulta: a minha pele fica com um ar saudável sem parecer que andei a dar no tintol às escondidas.

 

Já alguém experimentou o CC Cream Roséliane da Uriage? Qual é a vossa opinião?

16 comentários

Comentar post

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.