Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

"Há Mulheres que levam porrada porque gostam" (by um tipo qualquer)

Violencia Domestica

 

E foi com este brilhante comentário que hoje comecei o meu magnífico dia... Não foi uma bela maneira de começar? Pois eu também acho!

 

Não, não comecei por "levar porrada", nem esta pérola foi proferida pelo meu Mulo - caso contrário a coisa teria ficado logo ali resolvida. Este comentário, que revela imensa inteligência e perspicácia de quem o profere, foi enunciado algures numa página onde divulgava um vídeo de uma irlandesa, vítima de violência doméstica.

 

Poderia simplesmente começar por referir que este tipo de pessoas - se é que se pode chamar pessoa - só poderiam ser intelectualmente diminuídas, para conseguirem pensar e pior ainda, falar publicamente, que as mulheres vitimas de violência doméstica, não são vítimas e que apanham porque gostam, no entanto, creio que, acreditar que a pessoa é diminuída é, em certa medida aplicar uma desculpabilização de tais comentários, e isso não pode acontecer. É verdade que somos todos Charlie e afins, mas referir tal barbaridade deveria dar direito a coima, no mínimo.

 

Este sujeito acrescenta que as mulheres que são agredidas, vêm(palavras dele, atenção) a agressão como um ato de amor. Meu caro: Se gostas de te vestir de mulher e andar de esquina em esquina a apanhar de gajos maiores que tu, E GOSTAS, é um caso muito específico, mas poderemos falar do teu caso. Aí, não fales em mulheres, fala especificamente da mulher que há em ti. Pode até existir alguém que te compreenda e esteja disposto a contribuir para a tua eterna felicidade.

 

Acrescentou ainda, nuns comentários mais abaixo, que se elas fossem realmente vítimas de violência doméstica e não gostassem, que têm "imensas regalias" e apoios fantásticos e etc... Gostava que este sujeito escrevesse um artigo sobre o motivo de existirem tantas mulheres que pedem ajuda e ainda assim tantas dessas mulheres serem mortas pelos pseudo-maridos. Mas creio que não fosse bem aceite pela sociedade, que pelos vistos ainda não tem abertura suficiente para ver para além da "coitadice" das vítimas.

 

Estou a escrever sobre violência doméstica a mulheres, pela pertinência da situação, mas poderia estar a falar da violência doméstica a homens que também existe e não deve ser menosprezada! Violência é violência e não há desculpa possível. Divorciem-se! NADA, mas MESMO NADA, justifica agressão ao outro.

 

Ok... se calhar o outro senhor, até merecia ser espancado até a morte por um monte de mulheres baixinhas e franzinas... Só para a humilhação ser maior! ;)

 

See you*

 

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.