Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

O Galo, o Manuel Marques e a RTP

Disse-vos aqui que tenho uma miúda, a RTP e o Manuel Marques atravessados... certo? Ora aqui segue a explicação.

 

Algures em Abril deste ano, uma miúda entrou lá na loja, explicou que trabalhava para a RTP e que estavam a gravar um novo programa chamado "O homem do saco" com o Manuel Marques, que iria substituir o programa "Sabe ou Não Sabe" do Vasco Palmeirim. Explicou como iria funcionar o programa, e que precisava de um objecto que representasse Portugal. Olhou para os nossos galos de Barcelos metálicos, e perguntou se poderia levar um emprestado por cerca de 30/40 minutos para a gravação do programa. Pois bem, poderíamos ter pedido uma caução do galo, que seria devolvida assim que o galo fosse devolvido, mas não o fizemos. Com autorização do meu chefe, lá emprestei o galo à miúda. Pois bem, já estamos em Outubro, e o galo ainda não voltou. Como não regressará pelo seu próprio pé, não regressará mais.

 

Dois ou três dias depois, escrevi um e-mail à RTP1 a explicar o sucedido, e para apurar a veracidade da situação. Nunca se dignaram a responder... Durante muito tempo acreditei ter sido tudo falso, até o programa começar um mês mais tarde e todos os detalhes do programa, que ainda não eram públicos, baterem certo com a descrição da miúda. Ainda assim, tinha algumas dúvidas, e acreditei que se tivesse feito passar por alguém da RTP, mas depois também pensava: "E porquê roubar um galo? Aquilo só custa 12€..."

 

Uma coisa é certa, o Homem do Saco esteve mesmo no Porto, na rua onde eu trabalho, não vi o "meu" galo na televisão, mas ainda assim continuo a achar que a a miúda, o Manuel Marques e a RTP me roubaram um galo, até porque lhes dei oportunidade para se pronunciaram e não o fizeram!

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.