Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Desafio de Cinema | 52 filmes em 52 semanas

Pois que vocês sabem, eu adoro cinema. Gosto muito de ler, vocês também sabem que sim, mas cinema é uma paixão ainda maior. Sou das que consegue passar um dia inteiro a ver filmes - mais do que séries. Acho que esta paixão se deve muito à paixão que os meus pais também tinham e eu sempre vi imensos filmes com eles, e sempre alugamos muitos filmes ao fim-de-semana por isso cresci a alugar filmes, a ir ao cinema, e tudo e tudo e tudo.

 

Por tudo isto, vi este desafio de 52 semanas versão filmes no blog da Alexandra e quis logo alistar-me ao desafio. E aqui vai.

 

Eis as questões que vou responder ao longo do ano.

 

 

 

Como já estou uma semana atrasada - o que vocês não sabem, é que até para nascer eu me atrasei... - aqui vão as duas respostas assim, logo de enfiada que é para verem como eu não brinco. Atrasada mas séria.

 

#1 Feminismo

Quando penso em filmes nesta temática é impossível não vir logo à memória o filme da grande Frida Kahlo. Adoro e já perdi a contas às vezes que o vi. É daquelas histórias biográficas a que é impossível ficar indiferente. Quem não viu, aconselho vivamente a ver é que para além da grande história ainda temos uma grande interpretação da Salma Hayek.

 

 

 

#2 Inspirador

Tantos! Mas tantos. Aqui poderia falar-vos do filme Amigos Improváveis, do Nunca é Tarde Demais, e de tantos outros do género. Mas escolho o 100 metros com um grande ator espanhol: Dani Rovira, que inclusive já falei aqui. Para quem não conhece o filme, este retrata a história verídica de superação de Ramón Arroyo que após descobrir que sofre de esclerose múltipla e do médico lhe dizer que dentro de um ano será incapaz de andar 100 metros, decide lutar contra a doença e participar num triatlo.

 

 

 

E vocês? Que filmes escolheriam para estas duas categorias? Concordam com as minhas escolhas?

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.