Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Desafio de Cinema | 52 filmes em 52 semanas

#29 Sobre Dança

Adoro filmes de dança. Quis o destino e os pés tortos que a Mula não tivesse jeito algum para dançar, mas passei pela tipica fase de querer ser bailarina, cheguei até a tentar as danças de salão mas... tenho mesmo dois pés esquerdos, e teria um terceiro pé esquerdo se tivesse, claro, três pés. Assim, olhem, danço apenas zumba, e mal, mas ao menos divirto-me.

 

Não foi fácil escolher um. Entre o primeiro Step Up,o Honey - não imaginam a quantidade de vezes que vi o Honey! - e o Ao Ritmo do Hip Hop - que é assim o meu top três! - foi uma escolhe difícil, mas escolho o Honey com a Jessica Alba pela mensagem que passa, pela importância de seguirmos os nossos sonhos, e de lutarmos por quem verdadeiramente acreditamos porque há realmente muitas crianças que precisam de uma Honey na vida deles para não perderem o rumo.

 

 

Qual é o vosso filme de dança favorito?

Desafio de Cinema | 52 filmes em 52 semanas

#28 Curta Metragem

Aqui poderia escolher qualquer uma do Minúsculo que dava - ainda dá? - no Disney Channel. Como eu me perdia a ver esses mini filmes de animação! Mas não, há uma curta-metragem que vi recentemente e gostei muito, uma das curtas metragens da cerveja Estrella Damm e que fala sobre aproveitarmos as pequenas coisas. Adoro as paisagens, a mensagem a forma como foi conduzida.

 

 

Podem ver aqui:

 

 

 

Conheciam esta curta?

Uma espécie de Review de alguém que não percebe nada disto: Ocean's 8

O que eu esperei por este filme! Deveria de ser proibido revelarem os trailers tanto tempo antes, que a malta fica na expectativa, fica ansiosa e o tempo não passa. Já o vi há bastante tempo, aliás, dois dias após ter estreado lá estava eu a entrar para a sala do Ocean's 8, mas só agora é que tive tempo para vos falar sobre isso.

 

 

 

A história não é nova: um grupo de mafiosas, lideradas pela paciente Debbie Ocean, engendram o plano perfeito para assaltarem a Met Gala anual, para roubarem um colar de diamantes avaliado em 150 milhões de dólares da Cartier. Assim, com tudo planeado, criam as condições ideais tendo em conta tudo o que pode correr mal, para que o plano seja um sucesso. Será que vão conseguir?

 

Não há muito mais que possa explicar sobre o filme sem revelar o pano, sem ser spoiler, mas posso dizer-vos que é um filme muito divertido.

 

Antes de mais dá para perceber que a prisão permite às pessoas terem demasiado tempo para engendrarem planos para quando saírem isso é ponto assente e ainda que não seja novidade achei curioso o facto do filme focar essa questão. Segundo, gostei que demonstrassem que não há sistemas 100% seguros, tudo é falível e violável, só é necessário grandes planos e malta inteligente.

 

Não vi nenhum dos outros Ocean's Eleven por isso não tenho qualquer tipo de comparação, mas gostei do facto de ser um filme de mafiosas só com mulheres - não o filme em si, mas o grupo - e o facto dessas mulheres serem todas tão diferentes.

 

O que eu achei mais engraçado neste filme é que a gaja burra, não é tão burra assim e revela-se no final e o gajo que se julgava chico-esperto foi tramado num piscar de olhos.

 

O filme tem bastante movimento, flui sem grandes percalços, o que me agradou, pois não é o típico filme que tenta mostrar que tudo vai correr mal para o final ser totalmente o oposto. Não. O filme mostrar desde o início que tudo vai correr bem faltando só perceber como é que vai acontecer.

 

Gostei, divertiu-me imenso apesar de achar que não é memorável. Gostava que tivesse tido mais peripécias, talvez que fosse um filme mais cómico, mas na generalidade gostei bastante do filme.

 

Vocês já viram? Que acharam?

Uma espécie de Review de alguém que não percebe nada disto: Sou Sexy, Eu Sei!

Assim que vi o trailer fiquei curiosa, não sabia, no entanto, o que esperar propriamente. Adianto-vos já, para quem quiser já ir embora, que gostei muito e é um filme que passa uma mensagem incrível sobre a ditadura da imagem que quer homens quer mulheres vivem diariamente.

 

share.png

 

Sou Sexy, Eu Sei! relata a história de Renee que devido a uns quilos a mais é bastante insegura e até amargurada apesar de tentar camuflar esses sentimentos. Vemos neste filme, que ser mulher num corpo de gorda nem sempre é fácil. Não é fácil encontrar roupa, ou pessoas que queiram vender roupa em determinadas marcas, as saídas de grupo podem revelar-se também frustradas na hora de tentar arranjar um companheiro, entre outras situações que extravasam bastante a ficção, que são reais, que acontecem diariamente.

 

O que o filme demonstra é que tantas vezes é assim, devido a uma falta de confiança e autoestima e que tantas outras vezes importa mais a nossa atitude do que a nossa aparência. No filme Renee cai de uma bicicleta numa aula de cycling - numa tentativa vã de emagrecer - e passa a ver-se de forma diferente. Desde aquele dia que se acha diferente, mais bonita, mais magra, mais sexy e passa a viver e a ser em função daquilo que acha ser. Essa mudança de atitude traz-lhe um namorado que adora, traz-lhe o seu emprego de sonho e muita diversão, no entanto Renee continua a ser Renee mesmo não sabendo e todo o filme se desenrola à volta do ser e não ser sobre si mesma.

 

Este é um filme de comédia que embora não nos roube gargalhadas do início o fim - por não ser um filme tolo! - nos deixa a pensar bastante sobre nós. É um filme que prova que realmente a forma como os outros nos vêm é importante e que temos de saber marcar a nossa posição e as nossas vontades neste mundo para conseguirmos o que queremos.

 

À parte da mensagem, é um filme que flui muito rapidamente, sem pontos mortos e por isso é um filme divertido que nos promete fazer passar uma tarde divertida.

 

Quem é que já viu? Gostaram?

Desafio de Cinema | 52 filmes em 52 semanas

#25 Tema Tabu

Decidi escolher um tema tabu que está tão na moda: A eutanásia. E que grande filme! Ainda pensei em escolher um filme sobre sexo, mas parece-em que a eutanásia ainda é mais tabu que o sexo, por isso só poderia escolher este grande filme com uma grande interpretação de Javier Bardem. Recordo-me perfeitamente que foi com este filme que tomei consciência das condições desumanas que tantas pessoas vivem. Vi este filme numa aula qualquer e nunca mais consegui esquecer.

 

 

E para esta categoria, que filme me recomendariam?

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.