Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Desafio de Cinema | 52 filmes em 52 semanas

Pois que vocês sabem, eu adoro cinema. Gosto muito de ler, vocês também sabem que sim, mas cinema é uma paixão ainda maior. Sou das que consegue passar um dia inteiro a ver filmes - mais do que séries. Acho que esta paixão se deve muito à paixão que os meus pais também tinham e eu sempre vi imensos filmes com eles, e sempre alugamos muitos filmes ao fim-de-semana por isso cresci a alugar filmes, a ir ao cinema, e tudo e tudo e tudo.

 

Por tudo isto, vi este desafio de 52 semanas versão filmes no blog da Alexandra e quis logo alistar-me ao desafio. E aqui vai.

 

Eis as questões que vou responder ao longo do ano.

 

 

 

Como já estou uma semana atrasada - o que vocês não sabem, é que até para nascer eu me atrasei... - aqui vão as duas respostas assim, logo de enfiada que é para verem como eu não brinco. Atrasada mas séria.

 

#1 Feminismo

Quando penso em filmes nesta temática é impossível não vir logo à memória o filme da grande Frida Kahlo. Adoro e já perdi a contas às vezes que o vi. É daquelas histórias biográficas a que é impossível ficar indiferente. Quem não viu, aconselho vivamente a ver é que para além da grande história ainda temos uma grande interpretação da Salma Hayek.

 

 

 

#2 Inspirador

Tantos! Mas tantos. Aqui poderia falar-vos do filme Amigos Improváveis, do Nunca é Tarde Demais, e de tantos outros do género. Mas escolho o 100 metros com um grande ator espanhol: Dani Rovira, que inclusive já falei aqui. Para quem não conhece o filme, este retrata a história verídica de superação de Ramón Arroyo que após descobrir que sofre de esclerose múltipla e do médico lhe dizer que dentro de um ano será incapaz de andar 100 metros, decide lutar contra a doença e participar num triatlo.

 

 

 

E vocês? Que filmes escolheriam para estas duas categorias? Concordam com as minhas escolhas?

Desafio | Eu e os Filmes #30

O meu Óscar vai para...

 

Falamos muito de filmes, de atores e actrizes e até de bandas sonoras, mas os realizadores ficaram um pouco esquecidos neste desafio de cinema. Por isso mesmo, chegou a minha hora de os representar. O meu Óscar vai para Tim Burton, que isto de fazer filmes muita gente consegue, mas este senhor tem uma capacidade de ir sempre mais além, de inovar, de tornar diferente o banal. E porque sou fã de filmes como Eduardo Mãos de Tesoura, e Noiva Cadáver este senhor merece efectivamente um Óscar!

 

 

As doidas por cinema a responder a este desafio: Eu, Alexandra, MagdaSofiaAna SofiaDrama QueenMafaldaJustJPAndy BloigGirl About TownRute, Nathy, Ana Rita Garcia,CaracolJoana e Bruxinha

Desafio | Eu e os Filmes #29

Fartei-me de chorar

 

Uiiii.... provavelmente das questões mais complicadas do desafio! Eu sou uma chorona, eu choro em tudo o que é filme... Acho que já vos tinha dito que o filme em que mais chorei foi no Pearl Harbor, mas como não me quero repetir, falo-vos de outro filme que chorei baba e ranho... Terminei o filme completamente de coração partido!

 

Hachiko

Hachiko é uma história real de um cão japonês - Hachi, de raça Akita -, que todos os dias esperava que o seu dono regressasse do trabalho e todos os dias o ia esperar à estação dos comboios. Até que um dia o seu dono morre no trabalho e nunca regressa no comboio habitual. No entanto, todos os dias e durante 9 anos, Hachi esperou que o seu dono regressasse, e nunca mais saiu daquela estação. Hachi morre... esperando pela chegada do seu dono, que nunca chegou...

 

As doidas por cinema a responder a este desafio: Eu, Alexandra, MagdaSofiaAna SofiaDrama QueenMafaldaJustJPAndy BloigGirl About TownRute, Nathy, Ana Rita Garcia,CaracolJoana e Bruxinha

Desafio | Eu e os Filmes #28

Aprendi muito com

 

São vários os filmes que nos ensinam, que nos fazem questionar sobre os valores, sobre os nossos preconceitos e ideias. Lembro-me do filme Billy Elliot me ter suscitado imensas questões acerca da sociedade, o filme Click sobre o tempo, e sobre a nossa vontade de avançar no tempo, assim como os Amigos Improváveis, me fez compreender outras dimensões possíveis da amizade. No entanto, decidi destacar o filme Extremamente Alto, Incrivelmente Perto.

 

Ao longo do filme, achamos que sabemos muito do que se está a passar. Tecemos uma opinião acerca da mãe (Sandra Bullock) que aparentemente é desatenta por estar a passar por uma grande depressão devido à morte do marido  (Tom Hanks), mas este filme mostra que nem tudo é o que parece, que às vezes achamos que sabemos e conhecemos as pessoas, mas que nada é o que parece, e que por isso mesmo não devemos julgar quem nos rodeia, porque as coisas podem não ser exactamente como as vemos. Tive o prazer de ver este filme no cinema, e aconselho a todos. É sem dúvida um filme muito bonito, com uma história muito interessante, de um menino que após a morte do pai, aquando do 11 de Setembro, descobre uma chave e que inicia uma busca incessante pela fechadura a que corresponde aquela chave.

 

As doidas por cinema a responder a este desafio: Eu, Alexandra, MagdaSofiaAna SofiaDrama QueenMafaldaJustJPAndy BloigGirl About TownRute, Nathy, Ana Rita Garcia,CaracolJoana e Bruxinha

Desafio | Eu e os Filmes #27

Estou ansiosa por ver

 

Estou ansiosa, muito ansiosa para ver o filme A Street Cat Named Bob, biografia de James Bowen e do seu fantástico gato Bob, cuja data de estreia no Reino Unido é de 4 de Novembro deste ano. Devorei os três livros, e mais devoraria se mais houvessem. Confesso que estou um pouco receosa, porque já se sabe que os filmes deixam sempre tanto a desejar aos livros... Mas, esta é uma história tão apaixonante e tão real, que seria praticamente impossível eu não desejar conhecer de uma outra forma.

 

 

As doidas por cinema a responder a este desafio: Eu, Alexandra, MagdaSofiaAna SofiaDrama QueenMafaldaJustJPAndy BloigGirl About TownRute, Nathy, Ana Rita Garcia,CaracolJoana e Bruxinha

Desafio | Eu e os Filmes #26

Toda a gente adora menos eu

 

Podia começar aqui a enumerar uma série de filmes sucessos de bilheteiras, que nunca vi porque não gosto, como Harry Potter, Senhor dos Anéis, Star Wars, mas não. Trago-vos mesmo um filme que eu já vi, que não gostei, e que toda a gente adora... menos eu.

 

Falo por isso do filme...

 

Sempre que falo sobre alguém e este filme vem à baila, toda a gente me diz o quanto adorou este filme... Eu só o achei estranho e enfadonho. Que esforço tive de fazer para não adormecer... Basicamente, e resumindo numa frase todo o filme. Perfume conta a história de um moço psicótico que mata moças em busca de um aroma qualquer que ele considerava perfeito, mas como fracassava, continuava a matar... e a matar... e a matar... Acho que tinha tudo para ser um bom filme, mas na minha humilde opinião, não foi bem conseguido.

 

As doidas por cinema a responder a este desafio: Eu, Alexandra, MagdaSofiaAna SofiaDrama QueenMafaldaJustJPAndy BloigGirl About TownRute, Nathy, Ana Rita Garcia,CaracolJoana e Bruxinha

Desafio | Eu e os Filmes #25

Sugeriram-me e adorei

 

Este seria daqueles filmes que se não tivessem insistido comigo para eu ver, eu provavelmente não teria visto, e teria sido uma pena, porque o filme é realmente muito engraçado. Adorei!

 

 

Gaiola Dourada conta a história de Maria e José que estão há mais de 30 anos a viver em França e que não conhecem outra vida se não a de trabalhar e a de ajudar os outros. Porém tudo muda quando este casal de emigrantes recebe uma herança - em Portugal. Entre várias indecisões Maria e José não sabem o que fazer: se continuam a ser empregados em França, ou se largam tudo o que têm no país que os acolhe e regressam - como tanto desejavam - a Portugal. Entre temas sérios, há bastantes peripécias e por isso é um filme que é impossível não rir.

 

As doidas por cinema a responder a este desafio: Eu, Alexandra, MagdaSofiaAna SofiaDrama QueenMafaldaJustJPAndy BloigGirl About TownRute, Nathy, Ana Rita Garcia,CaracolJoana e Bruxinha

Desafio | Eu e os Filmes #24

Erro de casting

 

Sou fã da saga Twilight, vi o primeiro filme por um acaso, e não gostei, mas ganhei bilhetes para ver a antestreia do segundo filme - e cinema é cinema -  e passei a adorar. Apesar de gostar da saga, acho que houve um erro qualquer de casting quando contrataram a Kristen Stewart para fazer de Bella. Eu não li os livros, não sei como é que ela era suposto ser, mas... Ela que estava viva, estava na realidade mais morta - tão apática - do que os próprios mortos. Ela não me conseguiu convencer.

 

Bella Swan

 

As doidas por cinema a responder a este desafio: Eu, Alexandra, MagdaSofiaAna SofiaDrama QueenMafaldaJustJPAndy BloigGirl About TownRute, Nathy, Ana Rita Garcia,CaracolJoana e Bruxinha

Desafio | Eu e os Filmes #23

Pior personagem

 

Não vos sei dizer se o filme é que é mau e o personagem vai atrás, ou se o personagem é que é tão mau que faz o filme ainda mais estupido... Falo-vos de Elliot Moore (Mark Wahlberg) no filme O Acontecimento.

 

Este foi, sem dúvida, dos filmes mais parvinhos que vi - não o parvo-mor, que esse lugar é do Hardcore Henry, mas dos mais terrivelmente parvos - e este personagem está em sintonia com o filme: Elliot, que era professor e era suposto ter um ar sério, tem um ar meio destrambelhado, fala como se estivesse a representar num sketch de comédia dos Gato Fedorento e... enfim, é um filme de Shyamalan e está tudo dito... é que nem percam tempo a ver o filme!

 

Mas ainda assim... vá, eu conto um poucochinho do filme. Basicamente, e muito resumidamente, há qualquer coisa - que supõe que anda no ar - que faz com que as pessoas de um momento para o outro se suicidem em massa e Elliot e a sua esposa Alma iniciam a sua fuga para não serem contaminados.

 

As doidas por cinema a responder a este desafio: Eu, Alexandra, MagdaSofiaAna SofiaDrama QueenMafaldaJustJPAndy BloigGirl About TownRute, Nathy, Ana Rita Garcia,CaracolJoana e Bruxinha

Desafio | Eu e os Filmes #22

Personagem inesquecível

 

Agora que penso nisto, reparo que negligenciei o meu actor favorito, escolhendo o Tom Hanks... A verdade é que adoro Tom Hanks, mas também é verdade que há um actor que gosto ainda mais que Tom Hanks e não sei porquê, nessa pergunta escapou-me... Falo-vos do encantador espanhol, Javier Bardem.

 

Dele, nasceram tantas personagens inesquecíveis, como Uxbal de Biutiful, como Ramon de Mar Adentro, assim como Santa do Às segundas ao sol. Tantos filmes que vi deste actor! Provavelmente o actor que mais filmes vi... Adoro todos!

 

Mas é justamente a personagem mais feia e assustadora que me lembro, quando penso em Javier Bardem. Falo por isso de Anton Chigurh de Este país não é para velhos.

 

 

Para quem nunca viu - o que eu acho um crime, que é mesmo um grande filme - Este país não é para velhos é um thriller dos irmãos Coen e relata a história de Anton, um assassino em série que decide poupar ou matar as pessoas consoante estes acertem no jogo do cara ou croa. Com uma arma forma do vulgar - arma de ar comprimido, usada habitualmente para o abate de gado, este homem é o verdadeiro psicopata sem sentimentos. Este filme não é fácil de resumir em meia dúzia de palavras, é complexo, é violento e é acima de tudo, muito bom, vejam.

 

As doidas por cinema a responder a este desafio: Eu, Alexandra, MagdaSofiaAna SofiaDrama QueenMafaldaJustJPAndy BloigGirl About TownRute, Nathy, Ana Rita Garcia,CaracolJoana e Bruxinha

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.