Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

A Mula também experimenta coisas e fala sobre isso #9 Protector de Calor Nutrifier da Loreal

Nunca fui grande fã de protetores térmicos. Reconheço-lhes importância mas nunca fui fã porque sempre tive dificuldades em encontrar produtos que não tornassem o meu cabelo ainda mais oleoso do que já é, e já tinha experimentado alguns protetores em spray e em creme e não gostava do resultado, porque ficava com o cabelo pesado e um tanto gorduroso e não gostava do cheiro. Outro problema que lhes encontrava era o facto de, se usasse com o cabelo apenas húmido e não molhado, tornava a secagem muito mais demorada, e vocês sabem, eu gosto de cuidar do cabelo mas não tenho paciência nenhuma, por isso tenho de usar produtos que me facilitem o dia-a-dia e não me empatem.

 

Este é diferente do que eu já tinha experimentado. Mas já lá vamos.

 

Antes de mais explicar-vos para que serve um protetor de calor.

 

Não é segredo para ninguém que o excesso de calor agride o cabelo, seja dos secadores, das placas de alisamento ou o sol. A poluição e o frio no exterior também não ajudam a que o cabelo se mantenha saudável e por isso o cabelo fica mais sensível, quebra, fica com pontas espigadas e sem brilho. Por isso devemos proteger o nosso cabelo para minimizar as agressões que lhe provocamos, seja ao modelar o cabelo usando um protetor térmico, seja no verão, quando expostos ao sol, ao usar um protetor solar para cabelo.

 

Comprei este protetor térmico da Loreal da gama Nutrifier em promoção na Showroomprive, que já sabem que sou fã e é lá que compro todos os meus produtos para o cabelo, uma vez que consigo melhores preços do que nas lojas físicas.

 

Este protetor de calor protege os cabelos até à temperatura de 230ºC - eu nunca passo dos 180ºC - e é essencialmente para cabelos secos. Para cabelos secos, Mula? Mas o teu cabelo não é oleoso? O meu cabelo é oleoso na raiz, bastante até, mas as pontas e o crescimento são tendencialmente secos devido à coloração constante, e então gosto de usar produtos que ajudem a hidratar esta parte do cabelo, mas daí o meu grande receio com este produto. Os protetores de calor não se usam na raiz, mas sim no comprimento, por isso se têm uma espécie de cabelo misto como o meu, podem usar sem medo.

 

Este protetor de calor é também recomendado para quem tem cabelos subnutridos, que é o meu caso, e posso dizer-vos que gostei muito do resultado. Ao contrário do que eu temia, e apesar de ter óleo de coco e glicerol o cabelo fica muito sedoso mas sem pesar. Não fica pastoso, não torna a secagem mais demorada e o que mais sobressai neste produto é o cheiro, que permanece mesmo após a secagem do cabelo. Muito bom. Quanto ao brilho não sei dizer, porque finalizo sempre o brushing com o elixir da Orofluido que deixa o cabelo muito brilhante por si só.

 

O que noto quando uso este produto é que o alisamento - ou até mesmo quando uso o babyliss - dura mais tempo, e o cabelo parece que ganha mais corpo e que fica mais forte - aqui não sei se é suposto, mas eu noto isso, o meu cabelo é muito fino e qualquer produto que lhe dê corpo sinto logo.

 

O que não gosto no produto é a embalagem. Não dá para dosear muito bem a quantidade. Como tenho o cabelo fino só preciso de usar uma pequena noz e é complicado porque ainda por cima a embalagem fica de cabeça para baixo e mal se abre sai logo uma "grande" quantidade de produto. Coloco grande entre aspas, uma vez que não sai uma enormidade de produto, mas sai mais do que eu desejaria, ao passo que se a embalagem tivesse uma espécie de doseador seria mais fácil, estou a gastar mais do que desejo e desnecessariamente.

 

A Mula aprova o Protetor Nutrifier da Loreal sem qualquer contrapartida ou apoio da marca. Experimentou, gostou, falou, lema aqui da Mula. Ou então: Experimentou, não gostou, fala na mesma, que também serve para ajudar os outros a não cometerem erros de casting.

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.