Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

O meu primeiro anti-rugas

Sempre me disseram que é aos 30's que se compra o primeiro creme de rosto anti-rugas, não o comprei por isso, porque nunca acreditei muito nestas coisas da idade, mas a verdade é que desde há uns meses que a minha pele mudou imenso. Do cabelo à pele tudo está diferente em mim. A pele que sempre fora bastante oleosa agora está mais mista que nunca, com uma testa e nariz tão secos, mas tão secos que até descamam.

 

Vendo a pele a ficar cada vez mais seca, tentei de tudo. Comecei por aplicar óleo de rícino à noite, depois ataquei com vaselina, mas se funcionava na hora, passado umas horas já estava outra vez com a minha cara numa miséria. Lá me resignei e comprei um creme de hidratação mais profunda, e já que precisava de um creme adequado à idade acabei a comprar o creme de noite Revitalift da L'Oreal, já que durante o dia uso o meu da SVR para a rosácea.

 

Revitalift.jpg

 

E é assim, parece que 30 anos é efetivamente um marco importante. Eu que nunca me importei muito com cremes e creminhos agora tornou-se num indispensável.

 

Então Mula e o que achas do creme que compraste?

 

Pois que acho muito bem. Desde a primeira utilização que a descamação abrandou visivelmente e a pele está mais iluminada. Só piora se não complementar com o creme de dia, mas se mantiver a rotina creme de dia / creme de noite, a coisa está controlada. Achei o creme bastante consistente - que me agrada - com um perfume bem suave e agradável. É um creme relativamente gorduroso, e talvez por ter uma pele oleosa de manhã quando acordo tenho a cara toda brilhante e oleosa, mas nada que um bom gel de limpeza não resolva, e a cara fica preparada para receber a maquilhagem do dia. Não posso falar no que toca a rugas porque não as tenho propriamente, por isso no que toda a firmeza da pele sempre esteve bem, e esperemos que se mantenha assim que para badanas já bastam os braços e a barriga não preciso de mais.

 

O que senti para comprar o dito, é que a variedade assusta. Há tantos cremes, com tantos nomes, com tantos efeitos e eu, leiga na matéria não percebi nada. Comprei este porque estava em promoção e o preço agradou-me e a L'Oreal sempre foi uma marca que sempre gostei.

 

E vocês? Recomendam algum creme de noite ideal para peles oleosas que descamam?

A Mula também experimenta coisas e fala sobre isso #17 CC Cream Rosaliac de La Roche-Posay

Acho que já vos tinha dito que tenho rosácea. Foi algo que surgiu já em adulta, não sei porque motivo e que me causa alguma vergonha porque em alturas de grande calor, em espaços abafados ou se por alguma razão acelerar o passo, fico bastante vermelha e não raras vezes brincam comigo que andei a dar-lhe forte no álcool. Não é que não dê forte no álcool de quando em vez, que quem me conhece sabe que gosto de bebidas alcoólicas, mas a verdade é que quando me apresento a alguém extremamente vermelha, não é efetivamente porque estou bêbada, mas porque tenho este problema de pele e que não tem propriamente cura. No hospital sugeriram-me remoção da rosácea a laser mas explicaram-me os riscos, e sinceramente acho que não compensa o risco de poder ficar com cicatrizes para a vida.

 

Apesar de não existir cura medicamentosa, existem cremes que ajudam, quer a disfarçar quer a evitar que a rosácea evolua - existem vários estádios da doença, por assim dizer - e bases específicas que ajudam também a controlar a vermelhidão.

 

Um dos produtos que vocês mais me foram recomendando sempre que falava desta questão e por forma a substituir a base que nem sempre é a melhor opção para o dia-a-dia, era o CC Roséliane da Uriage, no entanto tive alguma dificuldade em encontrar e então acabei por adquirir o Rosaliac de La Roche-Posay, que também sabia ter boas críticas.

 

 

Confesso que estava com grandes expectativas deste produto. Em algumas questões o produto superou, noutras confesso... Nem tanto.

 

O produto realmente é bom a matizar a pele, tem uma boa cobertura e a pele fica com um aspeto luminoso, saudável e ajuda a evitar o aparecimento da vermelhidão. Tem ainda a vantagem que é um creme bastante seco - não creio que seja aconselhável a pessoas com pele seca sinceramente - pelo que para a minha pele que é bastante oleosa, é ótimo e possui ainda 30 de fator de proteção solar o que é muito bom. 

 

Quando aplicado com as mãos fica com um acabamento muito natural não se notando que o estamos a usar dando a sensação de que acordamos assim: lindas e maravilhosas. Quando aplicado com o pincel nota-se um pouco mais o produto, e já não gosto muito do acabamento, sinto que se nota demais e fico com uma certa sensação de pó na cara. 

 

O que eu adorei neste produto é o facto de servir como uma ótima combinação para a base. Eu como tenho dificuldades em encontrar uma base que ao longo do dia não vá ganhando brilhos indesejados, devido à pele oleosa, misturo este CC Cream com a minha base atual - que estou a adorar da Quem disse, Berenice? - e o efeito é perfeito. A base fica perfeita durante todo o dia, mesmo na zona da testa que é onde tem tendência a produzir mais sebo, fica sequinha e perfeita todo o dia.

 

O que menos gostei nesta base foi o tom. É um produto de cor única - não é como o BB Cream que tem para peles claras, médias e escuras - e é demasiado claro - e eu sou branquinha, imagino que as morenas ainda sintam mais esta falta de coloração - pelo que gostaria que existisse num tom um pouco mais escuro à minha face como é normal nos BB Creams, para dar um efeito bronzeado.

 

Em suma é um bom produto, tem um cheirinho muito agradável, tem uma textura cremosa muito fácil de espalhar e realmente resulta: a minha pele fica com um ar saudável sem parecer que andei a dar no tintol às escondidas.

 

Já alguém experimentou o CC Cream Roséliane da Uriage? Qual é a vossa opinião?

A Mula também experimenta coisas e fala sobre isso #12 Gel Facial da Cien

Desde que me comecei a maquilhar que sinto que simplesmente desmaquilharmo-nos não é suficiente. Por muito que usasse uma boa água micelar ou toalhitas desmaquilhantes, sentia que a minha pele precisava de outro tipo de limpeza. Em tempos tinha usado uns produtos de farmácia muito bons, para a minha pele sensível com tendência a acneica, mas não me apetecia comprar algo tão caro. Então fui ao supermercado. Procurei produtos de várias marcas conhecidas, mas achava os produtos demasiado caros. E foi então que fui ai Lidl e encontrei esta barata preciosidade.

 

 

Já tinha ouvido falar muito bem da marca Cien, aliás já tinha usado alguns produtos, nomeadamente protetores solares e tinha ficado satisfeita, e foi assim que comprei este gel de limpeza facial diária, por apenas 1,59€, mas sem grandes expectativas, confesso.

 

Estou muito satisfeita e cumpre o que promete.

 

Tenho uma pele oleosa, mas muito sensível e muitos dos produtos que comprava, apesar de tratarem muito bem da parte oleosa, ressequiam-me a pele e a pele ficava demasiado sensível ao ponto de ter de colocar bastante creme depois de a lavar. Com este gel não sinto isso e lavo todos os dias no banho. O gel é macio, sai muito bem com a água, não faz muita espuma e deixa a pele bastante limpa sem a secar demasiado e sem repuxar, passando no teste do algodão.

 

Esta é a prova que não é preciso comprar produtos muito caros para termos os efeitos desejados, e tenciono comprar também o esfoliante para experimentar.

 

Quem é que usa este gel? Estão satisfeitas?

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.