Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Uma questão sexual...

bolinha.png

Conteúdo com bolinha vermelha. És menor, virgem ou apenas sensível... é melhor ires fazer qualquer outra coisa de útil para a tua vida.

 

 

Allo allo, minha gente boa, solicita-se opinião, a quem tiver opinião para dar. A questão surge de um leitor, que colocou esta questão nos comentários acerca do post Mitos Sexuais de Género e aqui vai:

 

Olá! Antes de mais parabéns pelo EXCELENTE BLOG!! tenho uma duvida e gostaria de saber a vossa opinião. tenho 31 anos, sou casado à 5 anos e adoro a minha esposa!! recentemente apercebi-me de uma coisa, que, apesar de se calhar ser normal, me deixou um pouco confuso. então é assim: de cada vez que fazemos sexo, no final vou sempre fazer a minha higiene e noto que, nesse momento ela aproveita para se masturbar... mesmo depois de ter tido 2 ou 3 orgasmos. foi sem querer que descobri! nunca lhe disse que sabia, ela é um pouco envergonhada e tenho medo da reacção dela...peço desculpa por ter utilizado este espaço para esta exposição, mas foi aqui que me senti à vontade.Agradeço. Pedro S.

 

Olá Pedro, antes de mais, muito obrigada e espero que não me leves a mal ter criado um post com o teu pedido de opinião, mas será mais fácil deste modo.

 

Então da minha parte, tenho-te a questionar se tens realmente a certeza de que a tua esposa tem realmente 2 e 3 orgasmos por relação sexual, alertando-te para o facto de não ser uma situação muito normal, é possível sem qualquer dúvida, mas não é muito normal. Poderás encontrar inclusive algumas justificações nos comentários do post do Varufakis para esta minha questão. Na certeza de que a tua mulher tem efectivamente esses orgasmos todos, é importante dizer-te que um orgasmo obtido através da penetração é muito diferente de um orgasmo obtido por estimulação clitoriana, a minha experiência diz-me que o segundo é bastante melhor, e poderá ser esta sensação diferente que a tua esposa procura após o sexo a dois, e que poderá não ter coragem para falar contigo.

 

Sugiro que com alguma sensibilidade abordes a tua mulher, sem lhe dizeres que sabes o que ela faz depois de te afastares - porque poderá sentir que a sua intimidade está a ser invadida, e a intimidade individual é muito importante para o bem estar do casal.

 

Contudo e posto isto, digo-te ainda que pode essa necessidade surgir, por alguma carência sexual, mas que pode também não ter nada a ver com isso. A masturbação é algo tão normal como comer, ou ir ao wc e não tem de ter uma razão específica para acontecer, pode ser uma necessidade que ela sinta que nada tem que ver contigo. Volto só a ressalvar que podes e deves ter uma conversa com ela, perguntar-lhe se ela sente falta de algo mais, se tem alguma fantasia que gostasse de satisfazer, ou se realmente há algo que possas fazer e/ou mudar para que ela se sinta mais satisfeita, caso a masturbação pós-sexo derive de alguma insatisfação, porque pode não ser nada disso.

 

A verdade é que cada caso é um caso, e cada mulher é diferente, e podem existir múltiplas explicações para as mesmas situações. Na esperança de ter ajudado um bocadinho, espero também que possas obter nos comentários alguma ajuda, entretanto, chamo a FatiaMor ao gabinete, que poderá também ter uma palavrinha a dizer sobre isto!

 

Mitos Sexuais de Género #1

bolinha.png

 

 

 

Conteúdo com bolinha vermelha. És menor, virgem ou apenas sensível... é melhor ires fazer qualquer outra coisa de útil para a tua vida.

 

 

Mais vale tarde do que nunca, e como prometido aqui, seguem abaixo alguns mitos associados à sexualidade, que devem ser ultrapassados.

 

Anos a fio, acreditou-se em várias mitos que podem prejudicar a relação entre homens e mulheres e  por isso, acho que chegou a hora de dar uso à minha formação em Igualdade de Género. Passo a enumerar alguns exemplos, por forma a serem tomadas medidas. Sim, eu sei, que não foi sobre isto que se falou na formação, mas bom aluno é aquele que consegue transpor para a vida real o que aprende dentro de quatro paredes, certo?

 

1. Contrariamente às mulheres, os homens pensam o dia todo em sexo.

Mito. Nem os homens pensam o dia todo em sexo (caso contrário não existiram homens a trabalhar, porque já tinham sido todos despedidos por não prestarem atenção ao que estão a fazer), nem as mulheres são desprovidas de pensamentos diários sexuais. O que normalmente acontece, é que após anos e anos de repressão sexual à mulher, ainda existe preconceito acerca do apetite sexual feminino. Note-se que uma mulher que fale mais abertamente sobre sexo e tenha um desejo acima da média, não é uma mulher normal, "é uma grande maluca". Um homem com as mesmas características é apenas... um homem! Vamos lá começar a equilibrar as coisas...

 

2. É a mulher que se deve aperaltar.

Mito. Uma vez mais movidos pelos filmes pornográficos, durante muito tempo creu-se que para apimentar a relação deveria ser a mulher a apetrechar-se de vestimentas e objectos. Do látex à farda colegial, da maquilhagem excessiva aos tamancos, são as mulheres que dominam o mercado das fardas sexuais, cabendo ao homem apenas a árdua tarefa de adorar surpresa. Então, mas não somos nós mulheres as verdadeiras apreciadoras de fardas? Então porque insistimos em ser nós as compradoras compulsivas de lingerie que em menos de 1 minutos são atiradas para o chão? Homens deixo-vos uma dica: sondem as vossas parceiras sobre as fardas preferidas e façam também uma surpresa, porque longe vai o tempo em que são as mulheres que devem surpreender os homens na cama, para darem provas de que estão interessadas.

 

3. A mulher não vê pornografia.

Mito. Estudos recentes, provam que existe um aumento do consumo de pornografia por parte das mulheres. Existe sim, a meu ver, ainda muito tabu acerca desta situação, que impede as mulheres de o dizerem livremente sem sofrerem represálias ou sem sentirem vergonha. Ainda há muito o mito de que pornografia é coisa de homem.

 

4. Masturbação é coisa de homem.

Mito. Ou pelo menos, queira Deus, Alá e Buda que seja mito. Porque o que seria das relações sexuais de um casal, se o casal não se conhecer individualmente. A vergonha de conhecer o próprio corpo, pode resultar numa vergonha aquando das relações enquanto casal, por isso, 'bora lá, desavergonharem-se para depois não se queixarem que "ele não sabe o que faz", quando na realidade, por vezes são as mulheres que não dizem o que gostam, por vergonha ou desconhecimento.

 

5. As mulheres não falam de sexo, umas com as outras.

Mito. Falam pois, podem não entrar em pormenores excessivos, mais típicos de conversa de camionista, mas falam, e contam experiências, e riem-se das experiências uma das outras, e tiram curiosidades das experiências das outras. Felizmente, neste ponto creio que a sociedade está a mudar, e creio que com o tempo, o sexo deixe de ser tabu. Pelo menos, não tão tabu.

 

Por isso, homens, um conselho: Não tratem as mulheres como um vidrinho que se vai partir a qualquer momento. Tomem as rédeas da relação, mas apenas por breves instantes. Deixem-se conduzir também. O ideal é a relação funcionar em co-gestão. Lembrem-se também, que cada mulher, é uma mulher distinta, com características, gostos e interesses diferentes, por isso o que resulta com uma, pode não resultar com outra. Ao contrário do que dizem, não somos todas iguais.

 

Alguém concorda? Alguém discorda?

Quem tiver mais mitos que os chute por aqui, que faço um second round.

Assim gosto mais...

blog.png

Mas... ainda assim, é uma pesquisa intrigante! Se por um lado, procuravam algo, tendo por base uma bela palavra... por outro, o que esperariam encontrar com um termo tão vago? De qualquer das formas, não há nada mais bonito que o amor! E quem vem com amor, vem sempre por bem e como tal será sempre bem-vindo à minha humilde residência das horas vagas e vazias. Quem vem atrás de porno, mamas e sexo com uma senhora qualquer em Coimbra, também vem por bem, não é isso que quero dizer, só que provavelmente vem com uma tensão que eu não poderei satisfazer por cá... não é por mal, entendam, é apenas porque estou noiva e sou uma Mula decente.

 

Ai o amor, o amor...! E isto fez-me lembrar uma música. Aumentem o som e aproveitem esta bela - e antiguinha - música, riquissima em conhecimentos sexuais e amorosos da brasileira Rita Lee.

 

Amor e Sexo - Rita Lee

 

Amor é um livro
Sexo é esporte
Sexo é escolha
Amor é sorte

Amor é pensamento, teorema
Amor é novela
Sexo é cinema

Sexo é imaginação, fantasia
Amor é prosa
Sexo é poesia

O amor nos torna patéticos
Sexo é uma selva de epiléticos

Amor é cristão
Sexo é pagão
Amor é latifúndio
Sexo é invasão
Amor é divino
Sexo é animal
Amor é bossa nova
Sexo é carnaval

Amor é para sempre
Sexo também
Sexo é do bom...
Amor é do bem...

Amor sem sexo,
É amizade
Sexo sem amor,
É vontade

Amor é um
Sexo é dois
Sexo antes,
Amor depois

Sexo vem dos outros,
E vai embora
Amor vem de nós,
E demora

Amor é cristão
Sexo é pagão
Amor é latifúndio
Sexo é invasão
Amor é divino
Sexo é animal
Amor é bossa nova
Sexo é carnaval

Amor é isso,
Sexo é aquilo
E coisa e tal...
E tal e coisa...

 

Amem muito, e façam muito sexo, sim? Um bom dia a todos!

Pedido de desculpas

Venho por este meio, fazer um pedido público de desculpas a todos aqueles que vêm ao meu blog ao engano... 

 

Sem Título.png

 

Ontem, alguém que apenas procurava um porno lésbico, acabou por vir ter à minha humilde casa virtual, que nada tem de prazeroso e muito menos de erótico ou pornográfico. Então, imagino qual o espanto desse alguém que apenas queria fazer um gosto aos olhinhos, ao dar de caras com um blog totalmente desconhecido e desinteressante.

 

Gostaria também de pedir desculpas ao Google, que muito provavelmente foi igualmente insultado pela minha existência.

 

Prometo começar a ter mais cuidado com os títulos para que a situação não se volte a repetir. Não, provavelmente continuarei a não ter cuidado nenhum, porque o blog é meu e sou eu quem decido. Tenho que ter poder de decisão em algum campo da minha vida, não concordam? 

 

Um bem haja a todos. E desejos de continuação de boa masturbação!  

Dos abraços e beijinhos ao "vamos foder?"

men-women-stress-response.jpg

 

Começamos a descobrir a sexualidade na adolescência. Como é sabido, mulheres e homens vêem a sexualidade de forma muito diferente. As mulheres, levadas pelos filmes e pela música romântica, idealizam um romantismo lamechas que leva muitas vezes as relações à ruína, porque, se por um lado o que é demais também enjoa, por outro, existe uma incompreensão do homem, que vê, maioritariamente, o sexo como algo abrutalhado e meramente orgásmico devido à pornografia que consome.

 

Deste modo, pela perspetiva feminina, existe desleixo nos preliminares e as relações que resistem a este flagelo do prazer, vão se moldando, e o que se verifica é que com o tempo as mulheres querem menos beijinhos e mais sexo rápido desprovido de carinho, e os homens começam a queixar-se...

 

Creio ser normal, e até bastante saudável, que os parceiros se moldem um ao outro, no entanto existe o problema de se voltarem a desencontrar, sugiro que se moldem com consciência e devagarinho para não existirem erros e desencontros.

 

Como mulher dou-vos uma dica: Nem tanto ao mar, nem tanto à terra. Demasiado carinho é bom quando estamos com gripe e precisamos de um apoio psicológico gigantesco,  e sexo rápido e à bruta, é bom quando estamos com pressa ou sem paciência. Habitualmente, porque não encontrar um meio termo? Aqui fica a dica.

 

Futuramente, falar-vos-ei de alguns mitos sexuais presentes na nossa sociedade e que também são prejudiciais às relações, uma vez que deturpam a forma como devem ser vistas as mulheres e os homens, atualmente.

 

See you*

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.