Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Coisas que se ouvem por cá... #15

E são estes seres tão inteligentes que serão os futuros cérebros deste país? Pois, como os mercados estão provavelmente não e sejamos sinceros, em alguns casos... Ainda bem. Ora vejamos esta fantástica conversa entre pseudo-doutores e caloiros:

 

Doutor: Vocês perceberam a letra?

Caloiros: Sim!!! - gritavam os pobres coitados.

Doutor: Então o que é que ela diz?

Caloiro: A mensagem da letra é... - começa o pobre caloiro e logo é interrompido.

Doutor: Eu não perguntei qual era a mensagem! Perguntei o que é que ela diz!

 

 

A sério?! A sério?! Mesmo?! Foi mesmo de verdade?!

Sim ouvi bem!... Vá, não sejam misericordiosos comigo, cortem-me os pulsos, já!

Querem saber por que é que depois ficamos de caganeira?

Num supermercado próximo, uma senhora levava dois sacos de congelados e na caixa achou que afinal só precisava de um. Nada contra.

 

Cliente: Afinal vou só levar um, dê cá esse outro saco que eu vou pousar no sítio.

Menina da caixa: Ah não, não se preocupe, eu ponho aqui.

[E pousa sobre a sua mesa de apoio.]

Cliente: Oh mas aí depois vai descongelar...

Menina da caixa: Não tem qualquer problema!

 

A senhora não disse que já ia recolocar o produto no sítio, que o ia devolver ao seu habitat desejado - A ARCA CONGELADORA - nada disso... A senhora disse que não tem qualquer problema se descongelar... Porque como o que sobe, desce... O que descongela volta a congelar, não é verdade?

 

A lógica da batata destruidora de intestinos...

Coisas que se ouvem por cá... #14

Pedinte: Só preciso de 2€ para poder regressar a casa.... Pode dar-me 2€?

Transeunte: Olhe que cheira-me bastante a vinho, se decidiu gastar o seu último dinheiro no vinho, agora vai ter de ir a pé para casa, assim para a próxima pensa duas vezes!...

 

E o senhor continua viagem a resmungar!...

Sou má pessoa, mas não consigo, não me rir com estas situações!

Coisas que se ouvem por cá... #13

Entra uma cliente...

 

Cliente: Levaram todas as cerâmicas desde quando eu estive cá...? (como se eu conhecesse a senhora, e soubesse quando é que ela cá tinha estado)

Mula: Pois não sei... esteve cá quando?

Cliente: Ah.... Já estive cá vai pra dois anos....

 

 

Pois... é normal que em dois anos não tenhamos as mesmas coisas... Para a senhora não era normal!

Coisas que se ouvem por cá... #12

Um dia uma senhora entra na loja onde eu trabalho, para me perguntar se eu sabia onde ficava a "sapataria Rúcula, muito conhecida aqui na cidade do Porto". Após dizer-lhe que desconhecia a existência de uma sapataria com tal nome - "e que raio de nome para uma sapataria" pensei -, propus-me a perguntar ao meu amigo google, e tal como eu, ele desconhecia tal "sapataria Rúcula, muito conhecida". A senhora pouco conformada, encolheu os ombros e saiu.

 

Quando o meu colega chega à loja, pergunto-lhe se ele conhecia, e ele também nunca tinha ouvido falar, e rimo-nos os dois com o nome da mesma.

 

Dias mais tarde, ou até, semanas mais tarde, passava eu em frente de uns armazéns de calçado e ali estava ela... A sapataria RUCOLINE!

 

Coisas que se ouvem por cá... #11

Um senhor que anda sempre de tinto de mesa na mão - mais conhecido por... bêbado -, vai ao supermercado comprar mais tinto, a conversa que se segue poderia ser anedota, mas aconteceu realmente:

 

Senhor: Ai menina, que eu hoje dormi tão mal que até acordei com um nó no estômago...

Menina da caixa: Beba mais água e menos vinho e verá que esse nó lhe passa num instantinho!

 

Só tenho uma coisa a dizer: Fiquei fã da miúda!

 

 

 

Coisas que se ouvem por cá #8

Cliente: Só tem estes postais?

Eu: Tem mais do lado direito... - digo enquanto aponto para um placard gigante cheio de postais.

Cliente: Não...

Eu: Não?!

Cliente: Ah sim, não tinha percebido que aquilo eram postais, pensei que fossem mapas!

 

Alguém me explica como é que um postal, ou antes, um placard gigante cheio de postais com imagens essencialmente do Porto, é confundido com mapas? Pois não sei... se calhar deveria de ter perguntado...

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.