Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Eu, Mula, consumista me assumo

Quando foi que me tornei tão consumista? 

 

 

Eu era aquela criança a quem davam a semanada para eu lanchar na escola e eu preferia não lanchar, a gastar o dinheiro. Gostava de amealhar. Quando perceberam que não comia, os meus pais lá me começaram na mesma a dar o dinheiro - caso eventualmente precisasse - e marmita com o lanche, para comer.

 

Eu era aquela pessoa que conseguia ganhar uma miséria - comecei a trabalhar num Franchising de McDonalds, trabalhava quase em full time, mas como faltava o quase ainda estava bastante longe do salário mínimo nacional - e ainda poupar dinheiro, bastante dinheiro tendo em conta aquilo que eu ganhava.

 

Agora, não sei o que se passa. É Shein, é Ebay, é Showroomprive, é Aliexpress, é... É um vício é o que é. E a verdade é que agora que estou num trabalho que preciso de andar um pouco mais formal, e não possuo grande roupa formal, veio agravar a situação. Consigo comprar online o que não consigo comprar em loja, modelos diferentes, coisas engraçadas. Às vezes ainda desisto, ganho temporariamente uma luta interna e fecho o site ou a aplicação. "Não precisas disto!" penso. Mas alguns destes sites guardam ad aeternum o nosso carrinho. Bolas para os sites que guardam as compras no nosso carrinho! A Showroomprive por exemplo, ajuda-me. Que às vezes estou a adicionar coisas ao carrinho, preciso de fazer alguma coisa urgente aqui no trabalho, fecho a aplicação e quando lá volto já não tenho nada no carrinho e a minha paciência não me permite ir lá andar a ver tudo de novo e desisto. Não era preferível que todas fossem assim? Não?

 

Gostava de ser toda minimalista, consumismo zero, aderir àquela trend de não fazer compras durante um ano, e essas coisas todas que se vêm por aí, mas simplesmente não consigo. O Facebook sabe o que eu gosto e passa a vida a mostrar-me pecinhas e pechinchas que eu adoro e que sinto que preciso de ter. O grande problema de hoje em dia, é que já não é preciso sair de casa para se gastar dinheiro.

 

Esta semana comprei um blazer amarelo canário. E agora vocês perguntam-me assim: Mas ó Mula, precisavas de um blazer amarelo canário? E eu respondo-vos que não, não precisava. Mas faço anos amanhã e achei que tinha já idade para ter confiança para usar um blazer amarelo canário e estou já numa ansiedade que o estupor não chega.

 

Claro que isto não se torna um problema grave na medida em que não devo nada a ninguém e no meio disto tudo ainda consigo poupar dinheiro, mas quando penso, bolas, podia poupar muito mais. 

 

Por isso pergunto-vos: Há alguma associação de consumidores compulsivos anónimos? Se existir podem dar-lhes o meu contacto por favor?

30 comentários

Comentar post

Pág. 2/2

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.