Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Lutar contra o excesso de peso #23

(imagem retirada daqui)

 

 

Semana passada fui à nutricionista. Estive quase dois meses sem lá ir, e posso desde já dizer-vos que não é tão mau como imaginei, espaçar as consultas. A verdade é que aos poucos pretendo autonomizar-me para que possa de futuro deixar a nutricionista sem achar que vou engordar tudo o que perdi só porque já não tenho ninguém a controlar o peso.

 

Neste mais de mês e meio perdi 1,5kg e alguns, vários, centímetros em todo o corpo. 67kg diz a balança. Já estive com 84kg... É nisto que eu penso quando estou mais em baixo, quando sinto que deixei de conseguir perder peso. Eu já estive com 84kg. 17kg  já foram! Não sou de me gabar, mas é impossível não me encher de orgulho quando me dizem que estou ótima. É impossível não me encher de orgulho quando cabeças se viram ou quando ouço um piropo.

 

Desde há três semanas que aumentei o número de idas ao ginásio. Estou a ir 4 vezes por semana fazer várias modalidades, e há muito que abandonei o meu plano por sugestão da nutricionista. A nutricionista aconselhou-me a fazer mais aulas e é isso mesmo que eu agora faço. Pilates à segunda-feira. Zumba à quarta-feira. Cycling à quinta-feira. TRX à sexta-feira. Se for ao ginásio no sábado, por me ter baldado algum dia durante a semana é cyling novamente. As aulas permitem-me uma maior rentabilidade pois não há aquela opção de: "bem estou cansada, vou-me embora!" Nas aulas por muito morta que eu esteja tenho de ficar até ao fim. Que remédio! Mas há dias, como sexta-feira passada, que me apetece bater e insultar os professores. Que ódio! Tenho concluído que quanto mais baixo é o professor mais demoníaco é também!

 

Esta semana perguntaram-me se eu continuava a fazer dieta ou se era só ginásio. Acreditam que não soube responder? Eu acho que já não estou a fazer dieta. Não sinto como se estivesse a fazer dieta. Como de tudo - meu Deus, comi 3 meias francesinhas no último mês! - e continuo a ter cuidados. Continuo a comer gelados, mas continuo a comer muitos legumes e a evitar os hidratos à noite - ou pelo menos a gerir muito bem a quantidade de hidratos que ingiro à noite. Já não é nada forçado. Já não ando com uma folhinha atrás para ver o que é que eu tenho de comer às onze horas e vinte cinco minutos e quantas amêndoas. A rotina já está interiorizada e continuo a ir à nutricionista mais para controlar medidas e receber dicas e alternativas ao que eu faço do que para me ensinar a comer. Eu isso já sei. Mesmo quando erro, eu sei por que é que estou a errar. Tornei o processo de comer muito mais consciente.

 

Neste momento uma das minhas maiores lutas é comer - quem diria que este dia iria chegar. Comer após o treino. Tenho ido para o ginásio super cansada e saído de lá exausta que a minha vontade de comer é zero. Por mim saía direita do ginásio para a cama. Mas não. Temos de comer proteína depois do treino para a recuperação dos músculos. Porra lá para a recuperação dos músculos!

 

Mas apesar de tudo sinto-me muito bem. Tirando os intestinos que sinceramente, desde que comecei a comer melhor, passaram funcionar pior... Mas verdade é que me sinto super bem, ando toda vaidosa, tenho roupa nova que adoro e que me fica bem. E andar bem é tudo nesta vida minha gente!

 

E agora temos como objetivo perder mais 1kg até à próxima consulta que é daqui a um mês, felizmente mesmo antes das férias!

 

Será que vou conseguir? Saberemos daqui a um mês!

32 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.