Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Pelos vistos gosto de beber pela palhinha!

Terei algum complexo mal resolvido da infância? Terei algo escondido no meu subconsciente? Pois não sei. Deixo-vos decidir, mas não sejam mauzinhos.

 

Durante meses bebi água de uma garrafa de água banal que ia trocando semanalmente mais ou menos, com as devidas lavagens diárias. Ora tinha uma garrafa de 0,5L ora de 0,33L, ora andava a copos de água. O que verificava é que, essencialmente desde que as temperaturas desceram, era um martírio beber água mesmo estando aromatizada com o drenante que até tem um sabor agradável.

 

Farta de andar com garrafas e garrafinhas comecei a namorar uma "garrafa-marmita" - perdoem-me a ignorância não faço ideia do seu nome pomposo - para levar para o trabalho. Não eram assim tão baratas. Fui adiando.

 

No início do ano, o Mulo apareceu-me com uma destas garrafinhas, lindas, em azul bebé e com palha incluída, de 700 ml:

 

 

E não é que eu agora bebo muito mais água de modo muito mais simples? Para além de beber mais, não tenho de andar sempre a encher a garrafa, bebo duas por dia e está perfeito, porque depois como bebo às refeições já completo - e até ultrapasso - o 1,5L que é suposto beber.

 

Pelos vistos gosto de beber pela palhinha e parece que afinal o tamanho e a forma importam!

19 comentários

Comentar post

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.