Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Ser + Eu

Porque um boost de autoestima nunca fará mal a ninguém!

Nem sempre nos percecionamos da maneira que efetivamente somos, e pelo que vejo à minha volta, tantas vezes nos consideramos inferiores e com menos capacidades do que os outros. Porquê? Talvez por estarmos dentro do nosso quadrado - ou triângulo, ou o que seja, que não sou grande fã de rótulos - nos impedimos de ver as coisas incríveis que conseguimos fazer e dos seres fantásticos que conseguimos ser! Quer dizer, falo por mim, admito que há uns quantos energúmenos no mundo, cuja solução parece-me já não existir. Ainda assim, se virem bem, há pessoas horríveis com uma autoestima gigante e que apesar de horríveis conseguem fazer coisas incríveis. É impressionante - para o bem e para o mal - a forma como a nossa autoestima (ou falta dela) nos molda e influencia.

 

Quantas vezes nos culpabilizamos por situações em que não tivemos qualquer culpa? Quantas vezes pedimos desculpa sem termos efetivamente razões para o fazer? Quantas vezes deixamos de usar uma peça de roupa que adorávamos porque alguém teceu um comentário menos positivo sobre ela? Quantas vezes dissemos sim, quando na realidade queríamos dizer não? Quantas vezes disfarçamos o desânimo, perante uma crítica, que mesmo em tom de brincadeira se torna mordaz? 

 

Eu não sei quanto a vocês, mas este tipo de situações já me aconteceram inúmeras vezes - mais do que tenho orgulho em admitir -, e tantas que já me fizeram duvidar do meu valor e das minhas capacidades. Ainda que a vossa Mula seja facilmente movida pelo desafio e um "não vais conseguir" é motivo para tentar até alcançar, isso só prova que tais palavras fizeram mossa cá dentro. Provar aos outros a minha capacidade - e agora nas minhas novas funções é algo que começa a tornar-se diário - só prova que não sou imune a fatores externos, acho que na realidade ninguém é, mas faço diariamente um esforço para ser cada vez menos influenciada pelos outros, esforço-me para ser cada vez mais segura e menos permeável a opiniões externas - e internas, que a nossa voz interior também é chata pra xuxu. É que efetivamente a vossa Mula tem mau feitio e normalmente está-se pouco borrifando para opiniões de pessoas alheias ao círculo bastante fechado da Mula, mas tantas vezes essas pequenas minas e armadilhas - conscientes ou inconscientes - são plantadas por gente que amamos, que confiamos, e basta pensar na quantidade de vezes que os nossos amigos nos fazem reparos sobre o nosso peso, a nossa postura ou cabelo e até sobre aquela malvada espinha que já sabemos que existe na ponta do nosso nariz. Quantas vezes ficamos inseguros quando os outros nos tecem algum comentário aparentemente inofensivo? Se isto também vos acontece, significa que devem encontrar estratégias para trabalharem diariamente a vossa autoestima e amor próprio. 

 

A nossa autoestima pode ser amplificada, se trabalhada. Podemos sempre evoluir positivamente e assim melhorarmos o nosso bom humor - para aqueles que ainda tiverem solução -, a nossa resistência ao stress, e com isso melhorar, obviamente, a nossa saúde mental - que se torna nos dias de hoje cada vez mais importante -, e as nossas relações amorosas e sociais e até mesmo a melhora da produtividade no trabalho.

 

A vossa Mula é mula, mas gosta de ser uma Mula especial e não uma mula qualquer débil. Quer ser uma Mula cada vez mais plena. Ainda tenho um bom caminho pela frente, mas acredito que o pior também já possa ter passado. É incrível o quanto mudamos em tão pouco tempo, o quanto nos adaptamos em situações de rutura e de drama...

 

Neste caminho que percorro diariamente conto com muitas meditações diárias - que de tantas insónias me salvam - e com o programa desenhado pela minha terapeuta favorita: Sara Portela* que já me acompanha nesta jornada de desenvolvimento pessoal e de bem estar, há alguns anos.

 

ser+eu.png

 

O Programa Ser + EU ajuda pessoas que tal como a Mula pretendem ser mais confiantes e capazes nos desafios do dia a dia. O programa, que decorre em 8 semanas - mas que podem guardar para a vida - é super dinâmico e para além das sessões online, onde a Sara nos provoca - em bom - com as nossas fragilidades e nos ajuda a ter uma perceção diferente - mais consciente - sobre o que nós somos e o que representamos para nós mesmos - venham a mim senhores e senhoras que abominam pleonasmos -, o programa dá acesso ainda a desafios e a afirmações diárias, bem como meditações que nos permitem reconectar connosco próprios - oh! não me chateiem - para sermos, como o próprio nome indica, mais nós - com e sem pleonasmos! 

 

Confesso que tantas vezes durante o curso me senti estúpida. Estúpida porque sempre acreditei que tinha uma autoestima incrível, que os outros praticamente não me afetavam e não me influenciavam, para de repente perceber que há artimanhas tão matreiras que se alojam no nosso subconsciente - mesmo criadas por nós... somos tantas vezes nossos inimigos! -  e que sem darmos conta se tornam tão banais que nem percebemos o quanto somos influenciados. É incrível como tantas vezes achamos que fazemos algo por nós e quando damos conta, quando tomamos a verdadeira consciência, estamos a fazer tantas vezes o que os outros querem que nós façamos, ainda que não nos tenham dito diretamente "faz".

 

Obviamente que por si só o programa Ser + Eu não faz milagres. Não nos reprograma um qualquer chip interno onde ao fim das 8 semanas dizemos com orgulho e de braço ao peito - qual patriota: Sou uma nova pessoa. Obviamente que parte essencialmente de nós, do nosso esforço diário e no cumprimento verdadeiro das tarefas que a terapeuta propõe. Não adianta assistir às sessões e parecermos muito motivados, mas depois não procedermos à prática, no dia a dia. Não é em 8 semanas que mudamos a nossa autoestima, e muito menos que encontramos a solução profunda para todos os nossos problemas, mas é em 8 semanas que podemos recolher informação preciosa para iniciarmos este longo caminho de nos tornarmos plenos e sermos mais felizes!

 

Eu já comecei o meu caminho... Se quiseres começar também, a Mula dá-te um empurrãozinho com um desconto de 20% no programa Ser + EU com o código MULA20. A próxima jornada começa já dia 8 de Setembro. Pede mais informações aqui.

 

MULA20

 

 

*Quem me acompanha sabe que eu já fiz várias terapias com a Sara e nunca desiludem! Podem ver a minha experiência com as Barras de Access aqui e os resultados com os Florais de Bach aqui.

1 comentário

Comentar post

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.