Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Desafio de Cinema | 52 filmes em 52 semanas

#39 Filme Épico

Nem sei se foi fácil escolher este filme. Não entendo o que é um "filme épico" mas... Fui ao google escrevi "filme épico" apareceu uma lista e eu escolhi um dos meus filmes favoritos de sempre - que não entendo se é épico ou não, mas olhem que adoro este filme adoro e isso é o que verdadeiramente interessa.

 

 

Lendas de Paixão é mais um filme que já perdi a conta às vezes que o vi, e as vezes que chorei - ou seja, o mesmo número de vezes. É lindo! Tem um final triste e belo ao mesmo tempo. Grande interpretação do ‎Anthony Hopkins! Grande história. Grande tudo!

 

Quem já viu e adora que levante a mão!

Uma espécie de Review de alguém que não percebe nada disto: Um Pequeno Favor

Já tinha saudades de ir ver um bom filme ao cinema. Não um filme ao cinema, mas um bom filme ao cinema. Fui ver o Um pequeno favor, com a Blake Lively e Anna Kendrick.

 

 

Tenho de ter cuidado para não vos elevar demasiadas as expectativas, porque já sabemos que o que um adora o outro não tem de adorar mas... Foi dos melhores filmes que vi nos últimos tempos. Imaginem um thriller cómico e inteligente, com uma boa dose de nervos e risadas. Pronto, é o Um Pequeno Favor.

 

Stephanie e Emily conhecem-se devido aos filhos que são amigos e querem brincar juntos. E é assim que a enigmática Emily se torna na melhor - e única! - amiga da inocente e mãe a tempo inteiro, Stephanie. Na perspetiva de Stephanie, Emily tem tudo: Um marido incrível, um bom emprego  e uma casa de sonho e por isso Emily torna-se numa devota amiga, porque é também uma forma de ter um pouco desse sucesso e fama para si. Um dia, Emily pede a Stephanie um pequeno favor: pede-lhe que vá à escola buscar o seu filho e que tome conta dele durante umas horas, no entanto desaparece totalmente. Apesar do marido desvalorizar o seu desaparecimento, já que é habitual, decidem chamar a polícia e uns dias mais tarde Emily é encontrada morta. Com Emily fora de jogo, Stephanie começa aos poucos a ficar com tudo o que era da amiga, mas entretanto o jogo começa a inverter-se. O que será que aconteceu com a Emily?

 

É um filme em que nada é o que parece. É um filme emocionante, cativante e provocador, cheio de reviravoltas. As personagens são bem caricatas, diferentes, muito cómicas. É um filme que demonstra como há pessoas que conseguem manipular outras de modo assustador e é um filme com uma dimensão complexa pois as próprias personagens são complexas e é fácil criar juízos de valor. É um filme que nos faz pensar sobre isso. Quando vemos a Stephanie a apoderar-se do que era da Emily é inevitável o pensamento de que é ela a má da fita, só porque deseja ter mais, e na realidade não é porque temos ambição, e desejamos algo que temos de ser maus por isso, e o filme mostra isso muito bem. O filme mostra também como relações demasiado intensas podem ser devastadoras. Como pode levar a que as pessoas se destruam e autodestruam.

 

E... mais não posso dizer, caso contrário corro o risco de ser spoiler.

 

Mas posso dizer-vos mais uma coisa: Vejam!

 

Desafio de Cinema | 52 filmes em 52 semanas

#38 Banda Sonora

Não sou pessoa de escolher um filme pela banda sonora. Mas sou menina para gostar ainda mais de um filme se a banda sonora for boa. E eu adorei o filme Baby Driver, e a banda sonora é simplesmente brutal, por isso, sim, é o primeiro filme com uma banda sonora excelente que me vem à memória. A parte mais engraçada é que não acho as músicas, isoladas do filme, nada de especiais, mas tornam-se especiais quando ligadas à cena em si. Adorei tudo!

 

 

Viram o Baby Driver?

Desafio de Cinema | 52 filmes em 52 semanas

E porque no sábado não saiu o desafio de cinema como suposto. Cá está hoje, o filme da semana 38!

 

#38 Filme Futurístico

Quem me conhece sabe que não sou grande fã de filmes de ficção científica, e aliás, até já houve uma categoria neste desafio para esses filmes. Mas quis o destino  - ou quem criou o desafio, vá! - que existisse mais um filme futurístico, e eis-me aqui a esmiuçar a mente e aa descobrir que gosto de mais filmes do que tinha ideia. E se para a categoria de ficção científica escolhi o A.I. - Inteligência Artificial, para a categoria de filme futurista escolho o Passageiros, cuja review podem encontrar aqui.

 

 

E vocês, gostam de filmes futuristas?

Desafio de Cinema | 52 filmes em 52 semanas

#37 Filme Cultural

E esta agora, hein? Mas... Não são todos os filmes culturais? Bem, escolho para esta categoria um filme que adorei e que tem a ver com choque de culturas, de sonhos, de preconceitos e paixões. Fala de recomeçar do zero num país que não é nosso, com uma cultura bem diferenta da habitual. Fala de histórias felizes e outras nem tanto. Falo-vos do O Exótico Hotel Marigold.

 

 

 

 

Quem viu? Quem viu? Adooooro este filme!

Desafio de Cinema | 52 filmes em 52 semanas

#36 Filme Alternativo

Mal olhei para o desafio desta semana, um nome apareceu à minha frente. É que foi automático.

 

 

Não imaginam o quanto eu adoro este filme!

 

É um filme francês, autobiográfico de animação, que acompanha o crescimento de Marjane, uma adolescente iraniana, mostrando todas as dificuldades que uma mulher vive condiciona pelo islamismo.

 

Conhecem? Quem já viu?

Desafio de Cinema | 52 filmes em 52 semanas

#35 Filme Romântico

Oh céus! Tenho escolhido tantos filmes românticos ao longo deste desafio... É muito difícil escolher só e apenas um nesta categoria... Só dos filmes baseados nos filmes do Nicholas Sparks são quantos? Oh valha-me a nossa senhora do cinema...

 

Vá! Escolho um dos filmes mais românticos que vi inspirado numa história real: Escolho o The Vow, que traduzido para português ficou Prometo amar-te, baseado na história verídica de Kim e Krickitt. Paige e Leo eram felizes, até que um trágico acidente de viação muda tudo. Paige perdeu as memória mais recentes e não conhece Leo. Afasta-se do marido, volta a aproximar-se da sua família com quem tinha cortado relações e tenta reescrever um novo futuro, mas rapidamente percebe que é impossível fugir ao destino e volta a repetir as mesmas situações que a levam novamente de encontro a Leo.

 

É tãaaaoo lindo!

 

Quem é que é fã de filmes românticos, como a Mula?

Desafio de Cinema | 52 filmes em 52 semanas

#34 Filme sobre comida

Filmes perigosíssimos para a Mula. Perigosíssimos! Aliás, lembro perfeitamente que fiz a minha primeira tarte porque vi um filme em que uma mulher era especializada em tartes e fazia-as de vários sabores e formatos. Não me lembro qual era o filme, mas lembro-me das tarde... já perceberam por que é que é perigosíssimo!

 

Há alguns que gosto muito, Sem reserva com a Catherine Zeta-Jones é um deles. Mas... O filme A Viagem dos Cem Passos é sem dúvida o meu favorito. Se ainda não viram este, vejam. Vale muito a pena e é um filme que fala sobre cultura, sobre paixão, sobre vontade de alcançar, sobre determinação e coragem.

 

 

Quem já viu?

Desafio de Cinema | 52 filmes em 52 semanas

#33 Filme Latino Americano

Sabem que eu sou uma romântica e adoro filmes lamechas que falam sobre almas gémeas e amores impossíveis. Por isso o filme desta semana foi fácil de escolher: El Hilo Rojo, com um ator que eu adoro: Benjamín Vicuña. Se gostarem de filmes sobre histórias de amores impossíveis e desencontros, vejam este filme. É lindo.

 

E porque imagino que poucas pessoas o conheçam, um breve resumo do filme.

 

Este filme conta uma história de amor à luz da lenda oriental do fio vermelho, que diz que os deuses amarram um fio vermelho invisível em torno de pessoas que estejam destinadas a encontrar-se sem importar o tempo, o lugar e as circunstâncias. Assim, Abril - hospedeira de bordo - e Manuel - passageiro - encontram-se num aeroporto e de imediato se apaixonam. Combinam encontrar-se quando chegarem ao destino mas um problema no aeroporto faz com que se desencontrem. Como não trocam contactos perdem-se e só se voltam a encontrar sete anos depois, já casados e com filhos. Quem será mais forte? O fio vermelho ou o compromisso que têm com os cônjuges? Têm de ver, para saber!

 

 

 

Alguém aqui já viu? Creio que esteja no Netflix.

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.