Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafos da Mula

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos.

Desabafos da Mula

Sobre a esperança que se desvanece...

Não sou a pessoa mais otimista que vocês conhecem, mas estou longe de ser a pessoa mais pessimista. Vivo muito ao som da esperança. Às vezes até digo para mim própria que não vai acontecer, e tento ser realista, mas sou comandada por uma esperança tola que tantas vezes me atrasa mais do que me adianta.

 

Mas aos poucos, e com o tempo a passar, a esperança desvanece-se. Desespera-me? Já não... Entristece-me apenas. Aos poucos o desespero dá lugar a uma tristeza que parece não terminar... Já não sinto que o tempo me foge das mãos, que estou a lutar contra o tempo, sinto apenas que o tempo acabou. E quando acaba...

 

Neste momento choro não por não saber o que fazer, mas por saber que não há mais nada que possa fazer, ainda assim esta inevitabilidade sufoca-me.

Desabafos do quotidiano, por vezes irritados, por vezes enfadonhos, mas sempre desabafos. Mais do que um blog, são pedaços de uma vida.